A liga metálica Fit Cast-V é um metal a base de Ni-Cr com Berílio, com baixo grau de oxidação e excelente capacidade de escoamento.

Confira abaixo algumas causas e soluções para evitar trincas em Metalocerâmica.

Dica 1:

Desenho incorreto da estrutura metálica

O desenho estrutural da peça ajuda na retenção da porcelana e a estrutura deve simular a anatomia do elemento dentário. É importante manter copings e pontes com curvas anatômicas, evitando ângulos e formas muito bruscas, pois estruturas muito expulsivas são mais propensas às trincas.

Dica 2:

Falta de jateamento

Na liga metálica Fit Cast-V é necessário realizar o jateamento antes do processo de oxidação. Esta etapa é responsável por criar micro retenções na superfície metálica, melhorando consideravelmente a aderência do opaco à estrutura.

Faça o jateamento com óxido de alumínio de 100~120μm com a pressão do ar de 3~4 bar ou 40~60 lbs.

Dica 3:

Oxidação incorreta

Cada metal possui uma recomendação de tratamento e a falta ou excesso de oxidação pode contribuir no aparecimento de trincas.

No caso de falta de oxidação, isso pode causar trincas e lascamentos de bordo, devido a insuficiência de aderência. Já o excesso irá ocasionar fraturas de óxido, quando o opaco não adere ao metal. Sendo assim, para promover o máximo de união, siga rigorosamente a recomendação do fabricante.

Para a liga Fit Cast-V o controle de oxidação indicado é:

  • Temperatura inicial: 550 °C – 55 °C/min.;
  • Temperatura final: 980 °C com vácuo;
  • Permanência: manter 2min. sem vácuo;
  • Resultado: cor uniforme no tom cinza claro, não sendo necessário o jateamento após a oxidação.

Dica 4:

Queima do opaco muito baixa

Para que se obtenha uma boa aderência ao metal é de suma importância que haja uma primeira queima de opaco (wash) em temperatura mais elevada (10~20 ºC acima do convencional). Após esta queima, o opaco precisa apresentar um aspecto de brilho. Caso apresente-se mais fosco é sinal de que a queima não foi ideal (podendo a temperatura estar muito baixa ou o tempo de queima curto).

Dica 5:

Agentes de união

Os agentes de união (Bond, Primer e Condicionantes) são indicados apenas para ligas metálicas altamente oxidantes, como por exemplo: Fit Cast-SB Plus e Fit Cast Cobalto. A camada de óxido na proporção ideal colabora para uma união química entre a cerâmica e o metal.

Atenção! Estes produtos não são recomendados para metais que contenham Berílio, como no caso do Fit Cast-V e Fit Cast Titanium.

Dica 6:

CET x Resfriamento

Verifique se o CET (Coeficiente de Expansão Térmica) da liga metálica é compatível com a cerâmica a ser utilizada. É importante equilibrar as taxas de resfriamento apropriadas aos valores de CET.

Consulte o manual da porcelana e veja qual o tempo indicado para o resfriamento de abertura do forno.

Cuidados com a solda

Se houver solda na estrutura, verifique a temperatura ideal, segundo a indicação do fabricante. Em peças com Solda Fit, recomenda-se baixar de 10~20 ºC a temperatura final de oxidação para evitar distorção da estrutura após a queima. Para trabalhos pequenos (de até 3 elementos) não ultrapasse 970 ºC. Já em casos de pontes fixas extensas (acima de 7 elementos), baixe a temperatura para 960 ºC. Se necessário, a diferença da temperatura de oxidação pode ser compensada, aumentando o tempo de permanência em 1 a 2 min. no processo.

Comentários
Talmax

Talmax

Com 25 anos de experiência, a Talmax é uma das principais empresas do país no segmento de prótese odontológica, com mais de 300 itens na sua linha de produtos. É referência na área de sistemas CAD/CAM e a representante oficial da empresa italiana Zirkonzahn no Brasil.

Informações sobre Prótese Odontológica